Novo/a no Ateísmo-PT? Começa por aqui.

Arquivo da Categoria ‘Política’

Filipinas: Igreja Católica tenta causar demissão de ministra da saúde por esta tentar combater a SIDA

Segunda-feira, 1 de Março, 2010

Notícia aqui. Alguns “highlights”:Preservativos -- o maior pesadelo do Papa

Archbishop Ramon Arguelles said on the Church-run Radio Veritas: “It is immoral for a government official to support the distribution of condoms which we know do not really reduce or stop the spread of HIV-AIDS.”

“Sabem”? Mentirosos. Sabem muito bem que é exactamente ao contrário. O problema é que, sendo o culto da morte que são, estão-se nas tintas para o sofrimento humano; a única coisa que importa é “salvar almas”.

Another bishop, Dinualdo Gutierrez, joined the attack when he said Cabral should not remain as health secretary. Gutierrez said Cabral was not a good Catholic — if she was one in the first place — if she backs the distribution of the prophylactics.

Naturalmente. Se não é uma boa Católica, não pode nunca ser ministra seja do que for — afinal, aquilo é uma teocracia. Que importam as qualificações para fazer o seu trabalho — a única coisa que importa é o quanto ela obedece à Igreja e ao Papa.

Oh, esperem… não estamos a falar da versão Católica da Arábia Saudita; trata-se, sim, de um país supostamente laico. Erro meu, desculpem. Nem sei como pude fazer tão confusão.

Ms Cabral responded by saying that the Catholic Church can be “vicious” at times, but she intended to continue defying it. “Of course, I am afraid of the Church. They are very powerful and they can sometimes be very vicious. I’m not exactly one who likes to live dangerously,” Cabral told a local TV station.

“Viver perigosamente”. Parece que estamos a falar de alguém que se atreveu a testemunhar contra a Máfia, e está nalgum programa de protecção de testemunhas, sempre a olhar por detrás do ombro. Não era suposto a Igreja ser uma promessa de paz e de alívio, em vez de uma fonte de medo neste mundo? E não era suposto ela não interferir na política e na governação de uma nação? Voltámos à Idade Média?

However, she said that she’d rather live dangerously than do nothing against the very alarming rise in the number of HIV/AIDS cases in the Philippines.

Felizmente, ainda há pessoas no mundo capazes de fazer frente aos “padrinhos” — porque há vidas demais em jogo para que uma pessoa com algum vestígio de moralidade possa ficar calada. Mesmo assim, o facto de uma ministra ter medo de ser demitida, ou pelo menos prejudicada e vilificada, por causa da Igreja é assustador.


Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Portugal
This work by Dehumanizer is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 2.5 Portugal.